Acesso Reservado

Entre na sua conta.

(Z1) 2020 - Águas do Algarve - Vídeo

Município de Faro atribui donativo de 5 mil euros à Universidade do Algarve

Município de Faro atribui donativo de 5 mil euros à Universidade do Algarve

Medida implementada no âmbito do programa #FaroConsigo pretende ajudar a dar resposta a situações de vulnerabilidade social por parte de estudantes universitários

O Município de Faro atribuiu um donativo de 5 mil euros à Universidade do Algarve (UAlg). O objectivo é ajudar a dar uma resposta integrada a situações de vulnerabilidade social por parte de estudantes desta instituição universitária.

Esta iniciativa, implementada no âmbito do #FaroConsigo, um pacote de 47 medidas apresentadas pela Câmara Municipal de Faro para fazer face à crise pandémica, prevê que esta verba sirva para auxiliar alunos universitários da UAlg que tenham dificuldades ou não consigam suportar despesas relativas ao pagamento de propinas ou prestações de alojamento nas residências de estudantes.
O Município entende que, nesta altura extraordinariamente difícil na vida de todos, não pode deixar de assumir as suas responsabilidades, também junto daqueles que poderão estar em dificuldades num momento fulcral das suas etapas formativas, e que podem vir a ser agentes activos importantes no futuro próximo do concelho, na região e no País.

Ao todo, a autarquia já investiu cerca um total de 190 mil euros em diversos apoios sociais para fazer face a esta situação de emergência social relacionada com a pandemia por Covid-19.
“Embora ainda longe do seu final, a crise pandémica já deixou marcas severas no tecido social e económico e neste momento, só com muito trabalho e unidade poderemos ultrapassar as dificuldades desta crise sem precedentes. É tempo de sermos solidários e de dar a todos pelo menos uma certeza, a de que o Município de Faro estará sempre presente nos momentos difíceis. Importa preparar o futuro e trabalhar para que, quando isto passar, possamos todos recuperar o tempo perdido e fazer mais pela nossa comunidade”, conclui o presidente da Câmara Municipal de Faro, Rogério Bacalhau.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos