Acesso Reservado

Entre na sua conta.

(Z1) 2020 - Águas do Algarve - Vídeo

Candidatura para a 7ª edição do Prémio Intermarché Produção Nacional até 30 de Junho

Candidatura para a 7ª edição do Prémio Intermarché Produção Nacional até 30 de Junho

As candidaturas para a 7ª edição do Prémio Intermarché Produção Nacional decorrem até ao próximo dia 30 de Junho.

Produção Primária, Produtos Transformados, Inovação em Embalagem e Ideias com Potencial são as quatro categorias nas quais os candidatos podem inscrever os seus produtos. Aos vencedores, o Intermarché assegura o escoamento dos seus produtos durante um ano, podendo estes serem vendidos localmente ou a nível nacional.

O júri irá avaliar as candidaturas para atribuição de dois Prémios na categoria de Produção Primária, outros dois para Produtos Transformados e um por cada uma das categorias Inovação em Embalagem e Ideias com Potencial. O júri poderá ainda atribuir Menções Honrosas aos projetos que se destaquem pela sua qualidade. Esta edição, pela primeira vez, poderá ainda distinguir com uma Menção Honrosa um jovem agricultor – entre os 18 e os 40 anos – cujo projecto se destaque, beneficiando este de um ano de acompanhamento ao mesmo tempo que ganha visibilidade.

Podem candidatar-se todos os produtores nacionais, em nome individual ou colectivo, cujos projetos sejam implementados em Portugal e que se enquadrem numa ou mais categorias de seleção contempladas. A candidatura ao Prémio deve ser formalizada em www.premiointermarche.pt/2020, site onde pode ainda ser consultado o regulamento.

O anúncio dos vencedores está marcado para Outubro. Constituem o Júri, para além do Intermarché, representantes dos parceiros envolvidos nesta iniciativa: a Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), a DOCAPESCA, a Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa (FMV), o Instituto Superior de Agronomia (ISA), a Impresa e a Quercus. Todo o processo de análise de candidaturas e de decisão de vencedores é auditado pela EY, parceiro auditor.

A nível institucional, o Prémio Intermarché Produção Nacional conta com o apoio do Ministério da Agricultura, Ministério do Ambiente e da Ação Climática, Ministério da Economia e Transição Digital e Ministério do Mar.

O Prémio Intermarché Produção Nacional é um projeto de referência que promove ativamente e premeia os produtores e a produção nacional, reconhece a importância da sustentabilidade e inovação na produção portuguesa e impulsiona o reconhecimento da produção nacional de qualidade.

O Prémio Intermarché e o Programa Origens

O Prémio Intermarché Produção Nacional está integrado no Programa de Incentivo à Produção Nacional publicamente conhecido por Programa Origens.

Este é um programa exclusivo do Intermarché, que assenta no apoio e incentivo à produção nacional, no esforço de impulsionar o desenvolvimento dos produtores nacionais, no estabelecimento de uma produção sustentável e amiga do ambiente e, por último, no incentivo ao consumo deste tipo de produtos, oferecendo-os nos pontos venda a preços baixos e com a garantia de qualidade.

O Programa Origens funciona através de parcerias com os produtores com os quais trabalha diariamente, defendendo e garantindo o plano de produção, planificando as suas produções mediante as nossas necessidades. Estas relações permitem a partilha de conhecimento estimulando o crescimento dos produtores, mas também a criação de relações de confiança com a insígnia.

Através deste programa, o Grupo pretende garantir que os seus clientes têm acesso a produtos genuinamente portugueses, devidamente identificados no ponto de venda com o selo Programa Origens de elevada qualidade e a preços baixos, estabelecendo para esse fim estas parcerias diretas com os produtores nacionais.

Todos os produtos do Programa Origens têm características em comum: garantia de frescura, obedecendo a elevados padrões de qualidade e segurança alimentar; de Produção Nacional e/ou com Origem Nacional; são produtos concebidos em explorações controladas periodicamente; apresentam um caderno de encargos associado, sendo a sua produção sempre acompanhada.

Atualmente, a importância do Programa é comprovada pelos números que representa. No final de 2019, o Programa contava com mais de 33 mil toneladas de produtos produzidos em 18.000 hectares e mais de 300 referências desenvolvidas, um projeto que reflete o apoio a mais 700 produtores através de Associações e Cooperativas de todo o país.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos