Acesso Reservado

Entre na sua conta.

(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir

Os portugueses doaram quase 600 mil euros para compra de material hospitalar no âmbito da iniciativa da FPF e SIC

Os portugueses doaram quase 600 mil euros para compra de material hospitalar no âmbito da iniciativa da FPF e SIC

A campanha Unidos por Portugal angariou 594.567,58 euros para a compra de equipamento hospitalar e de proteção individual para hospitais e IPSS. O País associou-se de forma solidária e generosa à iniciativa da Federação Portuguesa de Futebol e da SIC que arrancou na quarta-feira, dia 25 de ;Março, e se estendeu até ontem, dia 2 de Abril.

Na campanha de recolha de fundos através de linha telefónica participaram as principais figuras da Seleção Nacional e do canal de Paço de Arcos. Os portugueses viram-nos em situações de um dia-a-dia confinados às suas casas.

As verbas angariadas por Unidos por Portugal servirão agora para responder aos pedidos de apoio de 775 instituições para equipamentos de protecção individual e para equipamentos de protecção individual hospitalar. Para estes últimos, e para dar resposta aos desafios sentidos no terreno, avançámos, em parceria com o projecto Open Air, para o desenvolvimento do primeiro kit reutilizável com todo o equipamento de protecção necessário para os nossos profissionais de saúde na linha da frente na luta contra a COVID-19. Validado por médicos, cada kit é composto por um fato de corpo inteiro com proteção de pescoço e ombros, touca, viseira, máscara FFP2 / FFP3, avental, luvas até ao cotovelo e cobre-botas até ao joelho. Serão ainda enviados óculos de proteção para os profissionais mais expostos.

Para este projecto, 100% desenvolvido em Portugal, contribuíram engenheiros, designers, médicos, e profissionais da indústria liderados por André Rocha da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e UNINOVA. As normas e características dos materiais foram validados pelo corpo clínico da Unidade de Saúde e Performance da FPF.

A SIC Esperança, o braço de responsabilidade social da SIC e do grupo Impresa, encarregar-se-á da gestão dos donativos angariados pelos Unidos por Portugal.

Para Mercedes Balsemão, presidente da SIC Esperança: “Nestes tempos difíceis e de incerteza, os portugueses responderam ao apelo solidário e fizeram questão de ajudar quem nos protege e quem mais precisa. Graças à generosidade de tantos telespetadores e à boa vontade das empresas e fundações parceiras, vamos contribuir para reforçar a segurança do trabalho de quem está na linha da frente e minimizar as fragilidades do sector social. A SIC Esperança agradece a confiança em nós depositada na atribuição e monitorização das verbas e, como sempre temos feito, vamos prestar contas. Estamos juntos nesta maratona”.

A responsável pela área de responsabilidade social da FPF, Francisca Araújo, agradeceu aos portugueses a adesão à iniciativa: “Os portugueses honraram-nos mais uma vez com a sua confiança e, mais importante, demonstraram toda a sua solidariedade, coesão e união no combate a esta pandemia. Juntos vamos conseguir ajudar a proteger todos aqueles que, nos hospitais ou em instituições de solidariedade social, estão na linha da frente. Gostaria igualmente de agradecer à SIC e a todas as entidades envolvidas esta parceria. Mais uma vez mostrámos que podemos fazer a diferença e assumir a nossa responsabilidade com a sociedade. Obrigada”, concluiu.

Esta parceria contou também com os apoios das seguintes empresas: Altice, AR Telecom, CUF, E.Leclerc, Fundação Calouste Gulbenkian, Galp, Lusíadas Saúde, NOS, Nowo, Santander, SIBS, Tabaqueira e Vodafone. 

A Missão Continente foi o parceiro alimentar e através do seu apoio vão ser doados bens alimentares às IPSS.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos